Estados do Nordeste se unem para promoção do Turismo

Ação de promoção conjunta foi aprovada durante a Feira de Turismo da Abav

Em vez de se comportarem como rivais na disputa por visitantes, os secretários do Turismo dos nove estados do Nordeste aprovaram um plano de promoção conjunta e uma agenda integrada da região para o setor. A resolução foi aprovada nesta quinta-feira (26), após encontro dos gestores na 47ª edição da Feira de Turismo da Abav, a ser realizada até sexta-feira (27) em São Paulo. Participaram da reunião os secretários Fausto Franco (BA), Rodrigo Novaes (PE), Catulé Júnior (MA), Arialdo de Mello Pinho (CE), Sales Neto (SE), Carina Câmara (PI), Aninha Costa (RN) e a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino.

Representante da Bahia, o secretário Fausto Franco disse que a proposta é a de promover os atrativos do destino Nordeste, buscando mais investimentos e estruturação para o setor. “A ação faz parte do Consórcio Nordeste, onde os estados já estão atuando em outras áreas”, conta.

Recentemente, a Bahia, que lidera a atração de visitantes na Região, com um fluxo de 8 milhões de turistas vindos de outros estados e do exterior, adotou um programa ousado de renúncia fiscal para incentivar a operação de novos voos. Até 2020, a iniciativa vai propiciar 215 novos voos ligando o estado a outros polos emissores no Brasil, sobretudo São Paulo e Minas Gerais, dois dos principais mercados para o turismo baiano. A ampliação da malha aérea vai abrir 1,8 milhão de novos assentos para os destinos da Boa Terra.

Investimentos

Com esta iniciativa, o Estado faz renúncia de R$ 15 milhões em um ano, com isenção de taxas no querosene de aviação; por outro, prevê a entrada de R$ 900 milhões e um número de 768 mil passageiros.

Para o vice-presidente do Fornatur/ Nordeste e secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, a criação do grupo é de suma importância para o desenvolvimento da Região. “A reunião dos nossos estados é de grande importância para a criação ações conjuntas no âmbito político, como também vendendo o Nordeste como destino único. Essa ação vem seguindo os laços existentes no Consórcio do Nordeste, criado com todos os governadores da região”, pontuou Novaes.

Igor Leonardo

Jornalista e viajante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *